foto

foto
fotografia de Italia , autor luis pedro mujica

domingo, 29 de enero de 2017

FEIRA DO LIVRO 2017 É OPÇÃO DE LAZER E CULTURA NESTE FIM DE SEMANA

 Feira do Livro 2017 é opção de lazer e cultura neste fim de semana
A 44ª edição do tradicional evento promovido pela Furg está cheia de atrações
Bruno Zanini Kairalla/JA
Feira do Livro 2017 é opção de lazer e cultura neste fim de semana
Volmir dias, 42 anos, de São Leopoldo, participa há 8 anos como livreiro da Feira
foto
POR HIAGO REISDOERFER
Aberta oficialmente na noite desta quinta-feira (26), em uma cerimônia que reuniu organizadores, apoiadores e comunidade, a 44ª edição da Feira do Livro da Furg renova a sua já clássica participação no veraneio na Praça Dídio Duhá, no balneário Cassino, e se consolida como uma ótima opção de lazer e cultura na cidade. Segundo a reitora da Universidade, Cleuza Maria Sobral Dias, a solenidade foi “um grande círculo de cultura”, uma vez que o espaço é um ambiente onde todos se enxergam e se percebem, todos ensinam e aprendem. Por oportuno ao momento que vivemos, o lema do evento neste ano é ‘A importância do Ensino Público e da Cultura Popular na Educação’, inspirado por Paulo Freire. Não deixe de conferir esta festa papareia, que fica aberta à visitação até o dia 05 de fevereiro.
O QUE ACONTECEU NA ABERTURA?
Na oportunidade, o patrono da 44ª Feira do Livro, o escritor e jornalista Willy César, falou sobre seu papel, que é uma figura símbolo da união e da simpatia, quase como uma força que rege o bom andamento das atividades presentes no evento. Além disso, aproveitou o momento para relembrar rio-grandinos ilustres da Comunicação, como o Barão de Itararé e Jayme Copstein.
A feira reuniu ainda outras autoridades importantes da cidade como o prefeito Alexandre Lindenmeyer, o superintendente do Porto do Rio Grande Janir Branco, o pró-reitor de Extensão e Cultura e coordenador geral do evento Daniel Prado, o secretário Municipal da Cultura Ricardo Freitas, o gerente do Sesc Rio Grande André Miki e o escritor Oscar Brisolara, patrono da 43ª edição do evento.
OS ATRATIVOS
Com 30 bancas de livros diversos, mais de 40 sessões de autógrafos com autores de todo o País, 32 atrações artístico-culturais, além de atividades permanentes, conversas e concursos literários e a tradicional Rua das Crianças, a feira do livro tem como objetivo oferecer diferentes possibilidades de atrações para diferentes públicos, seja os compradores e comerciantes, seja os frequentadores casuais que são atraídos pelos eventos culturais. E falando em cultura, o primeiro espetáculo da Arena Cultural aconteceu logo após a abertura oficial, com a apresentação da Big Band da Furg, em homenagem a Fernando D’Incao, professor da Universidade e saxofonista do projeto, falecido no final de 2016.
Volmir dias, 42 anos, de São Leopoldo, participa há 8 anos como livreiro da Feira e fala um pouco mais sobre as suas expectativas para as vendas nesta edição “A primeira noite sempre puxa um bom público em função da abertura, e também acabou superando um pouco as expectativas. Se o clima colabora, as vendas ficarão dentro do esperado”, relata.
Já para os livros mais procurados, a literatura infantojuvenil é o carro-chefe, dizem com propriedade a maior parte dos comerciantes, e logo em seguida estão os saldos. Esses partem de 50% de desconto e é uma das grandes apostas por parte dos compradores, que acabam chegando cedo nas bancas para explorar e ‘garimpar’ alguns títulos. Por último, mas não menos importante, estão os quadrinhos, alguns inclusive raros que representam outro segmento, que atrai grande parte das vendas.
PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DE SEMANA
Para quem já está pensando em dar uma passadinha no evento neste final de semana, pode conferir algumas das atividades propostas pela feira a seguir:
Sábado (28)
Rua das Crianças
19h - Sessão de Curtas Pais e Filhos com o Setor 2 (DAC)
20h - Teatro de Fantoches com Pibid (Línguas Estrangeiras)
21h - Dança Rítmica com o Caic
22h - Contação de Histórias com a Biblioteca Itinerante do Caic
23h - Teatro de Fantoches com o Caic
Café Cultural
Das 20h às 22h - Agulha na Bolacha - Discotecagem 100% Vinil com Dj Magreen
Intervenções Literárias
Tempo integral Varal Itinerante de Poesias, com Paula Machado
Intervenções Culturais
Performance Poética “Ouvir Com os Olhos” com Odair Souza
Corpo Ativo, Mente Desperta com Greyce Masiero
Espaço Literário - 21h
Oswaldo José de Paula Barbosa - Fernando e Eli: 70 anos de Ciência e Muito Amor
Nelson Adams Filho - A Maluca Viagem de Dom Pedro I Pelo Sul do Brasil, Guerra Cisplatina
Rodrigo Santos de Oliveira - Os Guerreiros do Lenço Encarnado
Oscar Luiz Brisolara - O Beijo de Messalina
Gilson Corrêa - A Barca e a Biblioteca
Max Belzareno - Rua Nuvem de Estrelas
Julião Airbar Tesch - Escrever Bem Ler em Voz Falar Sem Inibições
Neigi Regina Friedrich - Entre Xales, Cachimbos, Mulheres e Xamãs
Palco Principal
21h - Show: Violão Didático com Marcello Caminha
Domingo (29)
Rua das Crianças
19h - Contação de Histórias com a Mestra Popular Sirley Amaro - “Griô Sirley Amaro Conta a História da Girafa da Cerquinha”
20h - Sessão de curtas Pais e Filhos com o Setor 3 (DAC)
21h - Histórias da África em Prosa e Verso com o Projeto Contadores de Histórias do Caic
22h - Livrério: Um espetáculo de palavras
 23h - Contação de histórias com a Biblioteca Itinerante do Caic
Café Cultural
Das 20h às 22h - Agulha na Bolacha - Discotecagem 100% Vinil com Dj Magreen
Interveções Literárias
Varal Itinerante de Poesias com Paula Machado
Intervenções Culturais
Performance Poética “Ouvir Com os Olhos” com Odair Souza
Corpo Ativo, Mente Desperta com Greyce Masiero
Espaço Literário - 21h
Dalva Leal Martins - Reflexões
Glecy Therezinha Freitas de Andrade - Um Lugar Para Amar
Tereza Cristina Levy - Vida no Varal
Angela Wyse - Neuropoesia
Mariane Dutra - Pura Poesia, Poesia Pura
Daniel Baz - Antes que o Mundo Aconteça
Luiz Carlos Vaz e Maria Alice Estrella - Fifty-Fifty
Palco Principal

21h - Teatro: Era uma Vez Contos, Lendas e Cantigas TOMADO DE AGORA DE RGS BR 

No hay comentarios: