foto

foto
fotografia de Italia , autor luis pedro mujica

miércoles, 22 de febrero de 2017

PESCADORES ARTESANAIS NÃO SERÃO AFETADOS PELO PLANO DE GESTÃO DA TAINHA EM BRASIL

 PESCADORES ARTESANAIS NÃO SERÃO AFETADOS PELO PLANO DE GESTÃO DA TAINHA EM BRASIL
Conquista foi adquirida após representantes da categoria e lideranças políticas irem até Brasília para
tratar sobre o assunto
Foto: Fábio Dutra
Pescadores artesanais não serão afetados pelo Plano de Gestão da Tainha
ALINE RODRIGUES
O Plano de Gestão para o uso Sustentável da Tainha, o qual vinha sendo tema de discussões dos pescadores do Rio Grande e região, ganhou um novo capítulo recentemente. Na semana passada, representantes da Colônia de Pescadores Z1 e lideranças políticas foram até Brasília para tratar sobre a implantação do plano, a qual está prevista para o começo do próximo mês de março. De acordo com Nilton Machado, presidente da Colônia de Pescadores e do Fórum da Lagoa dos Patos, o Plano de Gestão para o uso Sustentável da Tainha será implantado, no entanto, neste primeiro momento, não afetará a pesca do peixe na Lagoa dos Patos.
Conforme Machado, a ida até Brasília ocorreu pela preocupação de que os pescadores artesanais da região não tivessem a oportunidade de se manifestar quanto às alterações previstas. “Estávamos muito preocupados, pois estava no plano a restrição da pesca artesanal aqui no estuário. Então pedimos para que o plano fosse revisto e pedimos também ao MPF que fizesse uma análise. Conseguimos garantir a pesca da tainha até o final da safra”, destaca.
O presidente reforça que o plano afeta a pesca industrial, mas, neste primeiro momento, os pescadores artesanais podem ficar tranquilos que nada foi modificado. “Acabamos conseguindo garantir a pesca para 2017, até o dia 30 de maio, e enquanto isso seguimos discutindo. Vamos apresentar nossos argumentos e mostrar que a pesca artesanal da tainha não influencia na diminuição do estoque da tainha”, argumenta.
Machado lembra que a safra da tainha vai de 1º de outubro a 30 de maio e que a portaria - referente ao Plano de Gestão para o uso Sustentável da Tainha - deve ser publicada no começo do próximo mês e que uma minuta que foi acordada garante a pesca no estuário. Ele conta que, além dos representantes da categoria, participaram também do encontro em Brasília lideranças políticas de São José do Norte, deputados estaduais e vereadores do Município. Estiveram presentes o vereador Ivair Souza (Vavá-PMDB), Cláudio Costa (PT) e André de Sá (Batatinha-PSD).

Sobre a participação das lideranças políticas, Nilton Machado enfatiza que a união em prol dos pescadores é de extrema importância. "É muito importante eles participarem e estarem presentes nos dando respaldo. Agradecemos, com certeza, e pedimos que seja sempre assim, que possamos sempre contar com nossos representantes políticos", finaliza.   TOMADO DE AGRORA DE RGS BR 

No hay comentarios: