foto

foto
fotografía del sur de Argentina , autor luis pedro mujica

viernes, 14 de octubre de 2016

PETROBRAS ANUNCIA POLÍTICA QUE REDUZ PREÇOS DE DIESEL E GASOLINA EM BRASIL

Impacto no preço final depende de decisões de distribuidoras e de postos de combustíveis
JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (14) que a companhia vai adotar, a partir de amanhã, uma nova política de preços de gasolina e diesel comercializados em suas refinarias. O Grupo Executivo de Mercado e Preços reduziu o preço do diesel em 2,7% e da gasolina em 3,2%. Os novos preços entrarão em vigor a partir da zero hora de sábado (15).
Pela nova política, um grupo formado por membros da diretoria vai avaliar os preços praticados e as condições do mercado internacional uma vez por mês. O comitê, formado pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, o diretor Financeiro, Ivan Monteiro, e o diretor de Refino, Jorge Celestino, vai decidir mensalmente se aumenta ou baixa as tarifas dos combustíveis. Como o valor acompanhará a tendência do mercado internacional, poderá haver manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias.
Se os reajustes forem integralmente repassados às distribuidoras e postos de combustíveis, o preço final do diesel para o consumidor pode cair 1,8% ou cerca de R$ 0,05 por litro, e a gasolina 1,4% ou R$ 0,05 por litro.

A decisão do comitê executivo da Petrobras levou em conta o crescente volume de importações e a sazonalidade do mercado mundial de petróleo. O aumento das compras externas, no caso do diesel, já responde por 14% da demanda do país. No caso da gasolina, as importações cresceram 28% ao mês entre março e setembro desse ano, informo a empresa em fato relevante. TOMADO DA JOURNAL DO COMERCIO RGS BR 

No hay comentarios: