foto

foto
fotografía del sur de Argentina , autor luis pedro mujica

miércoles, 25 de enero de 2017

VACINA CONTRA FEBRE AMARELA TEM ALTA PROCURA NA PORTO ALEGRE BRASIL

 Vacina contra febre amarela tem alta procura na Capital
Para evitar tumultos, unidades de saúde têm fechado mais cedo
CLAITON DORNELLES/JC Suzy Scarton
A vacina contra a febre amarela, doença que já causou 35 mortes no Brasil neste ano (32 em Minas Gerais e três em São Paulo), é distribuída gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em Porto Alegre, as doses estão disponíveis nos 141 postos de saúde espalhados pela cidade. No entanto, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a demanda tem sido mais intensa no Centro de Saúde Modelo, na rua Jerônimo de Ornellas, e no Centro de Saúde Santa Marta, na rua Capitão Montanha, ambas na região central da cidade. A procura é tão acentuada nesse locais que os funcionários têm fechado a unidade por volta das 16h15min, distribuindo senhas somente entre as pessoas que já estão esperando. A medida está sendo tomada para evitar tumultos, mas a SMS garante que não há falta de vacinas contra a doença.
Quando a reportagem do Jornal do Comércio foi ao Centro de Saúde Modelo, cerca de 30 pessoas aguardavam a sua vez de receber a dose. Duas chegaram a desistir diante da fila de espera. A SMS recomenda que os moradores procurem os postos mais próximos de sua residência para não causar essa aglomeração. A pasta também recomenda que quem pretende viajar para locais de risco se apresse em se vacinar, uma vez que a imunização leva cerca de dez dias para fazer efeito. Os demais podem buscar um posto de saúde com mais tranquilidade.
De acordo com a Coordenação Geral de Vigilância em Saúde (CGVS), a Capital pediu, para o mês que vem, um quantitativo 50% superior ao habitual de doses distribuídas ao município normalmente. Ainda não houve um aceno positivo quanto à solicitação. Não há um número exato de vacinas pedidas por mês, porque a quantidade é variável, mas a CGVS estima que sejam 15 mil vacinas para o mês que vem.

Até agora, de acordo com o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, 3.685 pessoas receberam a vacina contra febre amarela na rede municipal de saúde. Para efeito de comparação, em janeiro do ano passado, foram 899. Durante todo o ano de 2016, foram aplicadas 36.024 doses, uma média de 3 mil por mês. Tomado de journal do comercio de rgs br 

No hay comentarios: