FOTO

FOTO
la fotografia es de la Paz Bolivia 2017 , autor luis pedro mujica

viernes, 9 de diciembre de 2016

CRIAÇÃO DO CONSELHO GESTOR DO PARQUE DO ESPINILHO pede diputado Reinelli

DEPUTADO REINELLI PEDE AGILIDADE NA CRIAÇÃO DO CONSELHO GESTOR DO
PARQUE DO ESPINILHO
Em audiência na Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o líder do Partido Verde na ALRS, deputado João Reinelli (PV), encaminhou à titular da pasta, Ana Pellini, as demandas referentes ao Parque Estadual do Espinilho, em Barra do Quaraí. O parlamentar, que esteve no mês de setembro na área de conservação para conhecer as belezas e também os problemas do parque, se reuniu com autoridades e ambientalistas da região que pediram ajuda de Reinelli para que encaminhasse à SEMA a reivindicação da comunidade local que quer a criação de um Conselho Gestor para colaborar e ajudar a definir as questões referentes ao Espinilho, que atualmente conta com apenas uma servidora que faz o trabalho de coordenação.
O Chefe de Unidades de Conservação da SEMA Rafael Erling, que também participou da audiência, explicou que a formalização do Conselho Gestor já está sendo encaminhada, mas que ainda estão sendo realizadas reuniões com as entidades locais para que todos sejam informados e possam contribuir, caso queiram, participando do Conselho e que isso faz parte dos ritos burocráticos exigidos para a criação do mesmo. “O Conselho é uma forma da sociedade se envolver e colaborar formalmente com a gestão e com as decisões sobre a administração e cuidados e isso faz com que haja um compromisso maior de quem estiver no Conselho”, salientou Rafael. Ele também esclareceu que até o mês de novembro ainda há agendamento de reuniões com os entes locais, mas que todo o processo está sendo bem encaminhado.
O deputado Reinelli alertou sobre a preocupação que existe referente à segurança e também com falta de um local que reúna nas dependências da unidade de conservação o material das pesquisas feitas no Parque por estudantes e biólogos que frequentam a área. “É uma área que certamente tem apelo turístico e os visitantes poderiam ajudar na economia local, por isso também é preciso envolver a comunidade e o poder público para que juntos busquem soluções e atuem na proteção da área que tem espécies da fauna e flora que precisam ser preservadas”, lembrou Reinelli.
O parlamentar se comprometeu em colaborar também e acompanhar a criação do Conselho Gestor para o Espinilho. “Sabemos que é dever do Estado garantir a segurança desse patrimônio natural, um dos últimos refúgios do cardeal amarelo e de outras espécies, mas é importante que a comunidade local e também quem faz pesquisas, visita ou mesmo vive na região colabore com ações e ideias, atuando efetivamente para a manutenção desta importante área de conservação”. Reinelli também lembrou que integrantes da ONG Atelier Saladero e do Instituto Curicaca têm se empenhado em buscar a implementação efetiva do Conselho gestor, que é previsto na legislação referente à criação das unidades de conservação.
Há também, segundo Reinelli, a intenção de formalizar a criação de um Corredor Ecológico na região, uma faixa de vegetação que liga fragmentos florestais ou unidades de conservação separadas pela atividade humana. O principal objetivo desses corredores é possibilitar o deslocamento da fauna entre as áreas isoladas e garantir a troca genética entre as espécies, porém, no momento existem outras prioridades. TOMADO DE ENVBIO EN FACE DE ARGEMIRO DA ROCHA


No hay comentarios: