foto

foto
fotografía de Corrientes Argentina , autor luis pedro mujica

miércoles, 17 de mayo de 2017

MORRE TERCEIRA VÍTIMA DE LEISHMANIOSE EM PORTO ALEGRE

Morre terceira vítima de leishmaniose em Porto Alegre
Foi confirmada ontem, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a terceira morte causada por leishmaniose visceral humana em Porto Alegre. A vítima, uma mulher de 81 anos, estava em estado grave há pelo menos cinco dias e recebia tratamento no hospital Nossa Senhora da Conceição.
A morte se soma a dois casos fatais na Capital - uma menina de um ano e sete meses, em setembro de 2016, e um homem na faixa dos 40 anos, em fevereiro. A nova vítima morava nas proximidades de um dos casos registrados, no bairro Jardim Carvalho.

No início do mês, a Justiça proibiu a SMS de dar continuidade ao processo de eutanásia de cães infectados. Embora os animais não transmitam a doença, eles podem infectar o mosquito-palha, vetor da enfermidade. Ontem, laudos emitidos pela Fundação Oswaldo Cruz reforçaram o diagnóstico de leishmaniose para 14 animais. Tomado de journal do comercio de rgs br 

No hay comentarios: